Pessoal e intransferível, por Ivan Andrade

Inspirado em uma decoração clássica, o ambiente Pessoal e Intransferível, assinado pelo designer de interiores Ivan Andrade na Mostra Elite Design 2018, traz cor e mistura de texturas ao evento. No espaço, de 56m², a arte e a cultura imperam e recebem destaque com o uso de rosa escuro nas paredes e no teto.

Um ambiente atual, com toques femininos, tem o resgate de memórias e busca, acima de tudo, manter o equilíbrio e aconchego mesmo com o uso de tonalidades fortes e estampas no mobiliário. Dois clássicos sofás Chesterfield em couro marrom compõem o living, juntamente com uma poltrona preta Vitoriana vintage em madeira e couro preto. O contraste fica por conta da poltrona exclusiva estilo Berger estilizada em veludo cotelê rosa, cortinas em linho com estampa ikat e quatro expressivas telas de Mauricio Porto, que homenageiam Carmen Miranda. O piso laminado em chevron com madeiras de diversas tonalidades confere conforto ao espaço.

Desenhadas pelo autor, as mesas laterais e as de centro feitas em madeira, vidro e ferro refletem a exclusividade do espaço, quando somadas ao tapete de patchwork e ao de lã. Trilhoscom spots fazem a iluminação dirigida às telas de nomes como Carol Silveira, Celma Paese e YeddoTitze, além da escultura de Elias Adamaski. São as obras que conectam o living à sala de jantar, composta por uma mesa redonda de madeira ebanizada e cadeiras em palhinha e tecido de linho cru. Ao findo, o aparador Thae, do designer catarinense Luan Del Savio produzido pela San German, concentra uma coleção de objetos únicos.

Texto: Simiane Gil | Fotos: Rafael Meinecke